Como funciona o corte e vinco?

Quase todo mundo já viu um serviço de corte e vinco. Eles estão em todas as partes e são trabalhos que sempre chamam a atenção. Envelopes, imãs de geladeira, cartões de visita com cortes especiais e brindes são os mais comuns. O que poucos sabem, é como é feito o corte e vinco. Neste post vamos mostrar alguns processos usados no corte e vinco.

A faca de corte e vinco nada mais é do que uma série de lâminas dobradas e fixadas numa madeira como pode ser visto na figura. Estas lâminas são afiadas nos locais onde deverão cortar e ficam sem afiação onde existirão as dobras.

A confecção delas é manual, de modo bem primitivo. Fixa-se o molde (folha impressa) sobre a madeira e com um martelinho fixa-se a lâmina na madeira, dobrando-a onde for necessário. O trabalho é totalmente artesanal.

Após a fixação das lâminas, faz-se (ou refaz-se) a afiação das áreas de corte.

Perceba que o processo exige grande habilidade manual e a faca precisa ficar totalmente plana para funcionar perfeitamente.

Na maioria das gráficas ainda se usa esse processo, mas novas tecnologias estão abolindo o uso das facas, como você verá adiante.

Processo tradicional

Basicamente você usa uma máquina tipográfica comum ou especialmente feita para este fim, acopla-se a faca na máquina, e uma a uma, cola as folhas no batente correto e faz o do material.

As impressoras tipográficas devem ser adaptadas, retirando-se o sistema de entintamento e dependendo da complexidade da faca, podem não aguentar o trabalho. As máquinas especialmente construídas para este fim dão conta de qualquer trabalho.

Temos também máquinas planas simples, bastante utilizadas por pequenas empresas, que fazem o passando faca e material a ser cortado, por dois rolos de contrapressão.

Se você trabalha com flexografia, saiba que também existem equipamentos de corte e vinco próprios para trabalhar neste processo, que não estamos citando neste post.

Plotter de recorte

Mas essas máquinas são realidade? Depende! Nas pequenas tiragens elas são uma mão na roda, pois permitem que sejam feitas poucas unidades de com o custo apenas da compra do equipamento, que não são lá tão caros assim.

Um plotter de recorte custa aproximadamente o mesmo que máquinas de corte de mesa ou manuais e o router sai por preços aproximados ao das máquinas de corte e vinco profissionais.

A diferença está mais para as grandes tiragens, onde o custo da faca fica diluído na quantidade cortada e o tempo de corte é apenas o da batida da máquina (alguns segundos).

Nas tiragens pequenas, principalmente quando a impressão é feita em pequena tiragem, as máquinas modernas levam vantagem em custo e tempo (fazer uma faca complexa é um trabalho bastante demorado).

Com o tempo, o processo moderno deverá acabar com o tradicional, devido a ser menos complexo e através do desenvolvimento da tecnologia fica cada vez mais rápido.

Conheça alguns dos nossos produtos com corte especial. Acesse nosso site.

Fonte: https://cardquali.com/corte-vinco-conheca-maquinas/

Comente!!

comments

[fbcomments/* Instale e configure o plugin Facebook Comments - https://wordpress.org/plugins/facebook-comments-plugin/ */]