O que é a gramatura de um papel?

Quem utiliza serviços gráficos com frequência já deve ter ouvido falar em gramatura do papel. Além dos diferentes tipos de papeis, a questão da gramatura também varia, sendo que a combinação entre papel e gramatura podem influenciar de maneira direta no valor pago pela impressão final do produto solicitado.

Mas, afinal, o que é a gramatura de papel?

No universo gráfico, a gramatura do papel nada mais é do que o peso do papel. Utiliza-se a seguinte linguagem: Peso do Papel / Área, ou seja, g/m2, traduzindo de maneira bem didática, gramas por metro quadrado. Tenha em mente que a gramatura do papel nada mais é do que a medida da massa pela área e influencia diretamente na “grossura” do papel. Papeis mais “pesados” são também mais “grossos”, pois tem mais massa por m2.

Importância de conhecer a gramatura do papel

Ganhar em qualidade é uma das vantagens de se conhecer detalhadamente o que significa a gramatura de um papel, pois com esse conhecimento um designer saberá qual a melhor opção para tornar físico seu trabalho até então virtual.

Ou seja, é possível produzir um projeto já pensando em qual tipo de papel e gramatura será mais adequado para a finalidade daquele impresso. Usabilidade correta, melhores resultados, melhor custo-beneficio.

[Leia mais] Como escolher o papel ideal para sua impressão

As diferentes gramaturas

Você já deve ter notado que um cartão de visitas, por exemplo, possui uma textura, um peso, e uma durabilidade diferente de uma revista ou jornal, não é mesmo? Isto porque cada um destes materiais possui uma gramatura e um tipo de papel diferenciado. Não é coerente imprimir um jornal numa gramatura de cartão de visita, ou de um livro capa dura, assim como não é adequado produzir cartões de visita em papel de jornal, não concorda?

No entanto, é possível mesclar gramaturas numa revista, por exemplo, investindo num papel e gramatura diferenciados para capa, dando uma visibilidade com mais requinte ao material, mantendo seu miolo de gramatura inferior, protegido.

Gramaturas mais usadas

Em produtos impressos, há algumas gramaturas mais utilizadas, para cada tipo de impresso. Veja alguns exemplos a seguir:

  • De 54g até 75g: bem finos e leves, mais descartáveis, é o tipo de gramatura que serve sobretudo para impressão de jornais ou miolo de revistas.
  • De 75g até 115g: para papeis comuns, daqueles que você tem por perto no escritório ou em casa. Esta gramatura é usada para impressão de envelopes, papel timbrado, comunicados, entre outros.
  • A partir de 115g: cartazes, panfletos e folhetos que não exigem alta durabilidade utilizam esta gramatura.
  • A partir de 150g: panfletos com aspecto mais profissional, flyers, folders, catálogos, livretos obtém resultados expressivos com esta gramatura.
  • De 250g até 300g: ideal para cartões das mais diversas finalidades, sejam cartões postais, de visita, aniversário, embalagens e até mesmo convites de casamento. São materiais mais robustos, resistentes e com maior durabilidade, além de mais pesados.

Compreendeu como a gramatura do papel é importante, para adequá-la as reais necessidades do material que será impresso? Dúvidas acerca do tema? Acesse nosso site e converse com um dos nossos atendentes!

Comente!!

comments

[fbcomments/* Instale e configure o plugin Facebook Comments - https://wordpress.org/plugins/facebook-comments-plugin/ */]